Sobre a utilização do ácido acetil salicílico (AAS) no paciente diabético é correto afirmar:
a) O AAS na dose de 650 mg/dia reduz o risco de infarto agudo do miocárdio, porém eleva o risco de progressão da doença ocular;
b) Mesmo dose inferior a 75 mg/dia de AAS é capaz de reduzir o risco de complicações vasculares;
c) As apresentações entéricas do AAS reduzem o risco de sangramento digestivo
d) Apesar de benéfico, a utilização prolongada do AAS interfere na eficácia terapêutica do diabetes;
e) A terapia a longo prazo com AAS não eleva o risco de sangramento retiniano ou vítreo no paciente diabético.

Alternativa E

UMFT MATO GROSSO REVALIDAÇÃO 2005

Nenhum comentário:

Postar um comentário