Homem de 45 anos procura hospital


Alternativa A


Estamos diante de um homem de meia idade, com uma discreta anemia e uma leve microcitose (VCM< 80fL). O que pensar destaanemia?Vamos responderesta perguntaanalisandocada opção...
Opção A: o diagnóstico diferencial de uma anemia microcítica inclui poucas entidades. A causa mais comum é anemia ferropriva, seguido pelas talassemias e anemia de doença crônica. As talassemias são causas clássicas de anemia microcítica e este paciente poderia ter talassemia minor (pelo grau de anemia). A anemia de doença crônica geralmente é normocítica,mas eventualmente pode ser levemente microcítica (VCM entre 72-80fL). Uma outra causa clássica de anemia microcítica é a anemia sideroblástica hereditária,mais comum no sexo masculino (herançaligada ao X). Outras causas possíveis: hipertireoidismo, piropoiquilocitose hereditária, esferocitose hereditária (geralmente é normocítica, mas pode ser levemente microcítica). Portanto, como diz a opção, anemia sideroblástica e talassemia são diagnósticospossíveis... (opção A correta). Uma pequena crítica a esta assertiva: a microcitose das talassemias quase sempre é mais acentuada do que a apresentada pelo paciente acima (geralmente o VCM é inferior a 75fL), mesmo na talassemia minor. Opção B - errada: reticulocitoseindica apenas dois tipos de anemia: hemorragia aguda ou anemia hemolítica. A anemia ferropriva não cursa com reticulocitose, pois a medula óssea está privada de matéria prima (no caso, o ferro) para produziras 'hemácias jovens' - os reticulócitos.
Cuidado para não confundir: a anemia ferropriva geralmente é decorrente de hemorragia crônica, de pequena monta; mas não de uma hemorragia aguda. Opção C - errada: as anemias hemolíticas se apresentam com um índice corrigido de reticulócitos elevado, ou seja acima de 2,5%, definindo um reticulocitose; o paciente acima não tem reticulocitose...(o índice corrigido pela anemia é de 32/40 x 2,2= 1,76%).Opção D - errada: esta foi a opção marcada por muita gente! Porque ela está errada? Tudo bem que a hipótese seja de anemia ferropriva...Tudo bem que uma anemia ferropriva em homens adultos de meia idade indique o estudo do trato gastrointestinal (em especial, o cólon), para avaliar a presença de uma fonte de sangramento crônico, como um CA de cólon direito...
Mas atente para o seguinte fato: este paciente AINDA tem a confirmação de anemia ferropriva!!! Então o exame mais importante a seguir não é colonoscopia, mas sim a dosagem de ferro, TIBC e ferritina sérica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário